segunda-feira, 14 de janeiro de 2013


Certos namorados brigam dia sim, dia não. Na sexta se amam, no sábado se odeiam, no domingo fazem as pazes, na segunda prometem nunca mais se ver. São amores movido à adrenalina, que rendem bons versos e letras de música. Muito destes casais conseguem chegar ao altar e continuam entre tapas e beijos até as bodas de ouro. Brigam e voltam tantas, mas tantas vezes, que na verdade nunca chegam a se separar. Deixe que digam, que pensem, que falem. O amor é lindo.



"As pessoas não estão neste mundo para satisfazer as nossas expectativas, assim como não estamos aqui para satisfazer as delas. Temos que nos bastar, nos bastar sempre, e quando procuramos estar com alguém, temos que nos conscientizar de que estamos juntos porque gostamos, porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém. As pessoas não se precisam, elas se completam, não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida."


Mário Quintana

2012 - 2013 ♥

video

Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é. 

Que 2013 seja ainda melhor ! 


E se o sentido exato da vida é complexo demais para entendermos com precisão, então o que nos resta é fazer o melhor para que no futuro possamos, de onde quer que estivermos, olhar para trás e dizer: a trajetória valeu a pena.



Tudo tem um propósito!
Quando Deus permite que as coisas
em sua vida fiquem de cabeça pra baixo,
É para que você aprenda a olhar
por outro ângulo.

Se me perguntarem qual o sentimento que considero mais bonito ou mais importante, vou abrir um sorriso e dizer: o correspondido!

Prazer, Hannah.




Ela vive no seu mundo, do seu modo. Ama intensamente sua família, seu namorado maravilhoso, sua cachorrinha linda, seus amigos únicos. O certo para ela é o que ela considera que seja, por mais que o resto do mundo diga ser errado. Ela defende suas teorias, escolhas e decisões com todos os argumentos que dispõe. É sonhadora, romântica, decidida . Suas dúvidas nunca ficam guardadas, toca em tudo que lhe chame atenção sem pensar nas conseqüências e/ou perigos- curiosa como uma criança. Por mais que pareça desatenta, está sempre com seus ouvidos abertos – tudo que se passa a sua volta lhe prende a atenção. Tudo ao mesmo tempo. Sim, ela consegue ouvir e captar informações polares e periféricas - as vezes não absorve todas. Nunca se concentra em um único foco, a não ser que se trate de um assunto atraente o suficiente para conseguir fazer seu cérebro unificar o pensamento, desligando-se de tudo ao seu redor – quase impossível para ela, já que é portadora de déficit de atenção.
Ler só se for por vontade própria. Ela não se força a gostar, por mais que deseje do fundo da alma que tivesse nascido junto com ela o prazer da leitura.
Ela não gosta que a apressem, pressionem ou lhe critiquem – porém este ela aceita, afinal, pode ajudá-la melhorar. É engraçada, alegre, divertida e seu maior prazer é fazer as pessoas rirem. Julgar apenas mediante provas. Falar sobre a personalidade de alguém que não conhece, não é com ela. Segredos entram pelos seus ouvidos e após absorvidos, filtrados e assimilados, morrem ali mesmo, dentro dela. Não gosta de guardar o que pensa, é espontânea e não mente para agradar ou simplesmente concordar com alguém sobre qualquer coisa. Suas amigas são selecionadas cuidadosamente. Desconfia demais das mulheres. Seus amigos são poucos. Adora homossexuais de naturalidade masculina, não tem preconceitos com relação a nada. Para ela todos são “iguais” (no sentido de terem os mesmos direitos) já que, assim como ela, possuem órgãos, compartilham do mesmo oxigênio, têm sentimentos e habitam todos a mesma sociedade. É frágil e não deixa as aparências lhe dizerem absolutamente nada. Tem a necessidade de explorar, conhecer, tocar, olhar. É valente, porém medrosa. Apesar de estufar o peito e dizer em bom tom: “eu posso, eu vou”, quer dar meia volta e retornar em pleno meio do caminho.
Sem querer ela conquista a confiança das pessoas, que espontaneamente desabafam e lhe confessam magoas e segredos. Ela sofre por problemas alheios .Quando morrer quer doar seus órgãos. Tem talento para ser psicóloga e já pensou em ser, mas faz faculdade de Publicidade agora, combina mais com ela.
Ela é carinhosa- até demais e muito atenciosa. Ama muito o namorado. Mostra a sua importância para o mundo. Escreve cartas, manda recados e lembretes falando sobre o que sente. É sensível, qualquer alteração no tom de voz é capaz de colocá-la aos prantos. Pensa sempre em tudo, elabora planos infalíveis, beija intensamente.
Tem medo de escuro, não gosta de pegar ônibus, detesta ficar sozinha. Fica arrepiada só de ouvir falar em espíritos, sente seu coração acelerar, fica sem ar e quase desmaiou de susto - numa intenção de brincadeira- por causa disso. Ela chora se ouve vozes ou passos de madrugada, reza só quando precisa pedir, esquece de agradecer. Ela conquista fácil, cativa com seu sorriso e seu ingênuo modo de pensar sobre o mundo. Sente falta de seu avô materno.
É carente, não gosta de incomodar, quer sempre estar independente e livre. Ama conhecer lugares e tirar fotos pra que um dia possa ter todas as lembranças. Não gosta de receber ordens, detesta mentira/falsidade, se ilude com pouco, se machuca a toa. Cria grandes expectativas em cima de fatos e pessoas pequenas demais para torná-las reais. É ciumenta e possessiva. Quando sente que seu espaço está sendo invadido é capaz de atacar como uma leoa que defende sua cria.
Cometeu erros dos quais se arrepende, já viu o sol nascer, já ficou tanto tempo no sol que não conseguia levantar da cama, já caiu de uma altura de 20 metros, na água. Adora andar à cavalo.
É amiga pra todas as horas e se perceber que tem alguém com problemas, não pensa duas vezes antes de oferecer-lhe seu ombro para chorarem. Mesmo se tratando quem nunca antes lhe ajudou, ou até mesmo que a tenha feito algum mal. Ela não guarda rancor, acredita ser prejudicial a quem o mantém preso dentro de si. Ela espera ajuda e compreensão quando ela precisa, afinal é o que sempre faz em relação aos outros, mas nem sempre recebe o mesmo em troca, algo que deveras lhe faz sofrer.
Ela é exigente e perfeccionista quando se trata de seu corpo. Toma banho toda hora e pra onde quer que vá, carrega sua bolsa repleta meios de higienização. Se preocupa com sua pele e cabelo, adora maquiagem discreta.
Vive fazendo dietas loucas. Come o sanduíche pela borda. Ama dormir. É otimista e não tem noção de espaço e tempo. Um quilometro ou dez, não dizem nada, visto que ela não consegue imaginar a distancia. Em vinte minutos ela acha consegue tomar banho, se arrumar, comer e chegar a algum lugar. Depois se dá conta do quanto se atrasou. O relógio da sua cabeça anda devagar, então, ela acha que vai dar tempo de tudo. Ama a natureza e adora explorá-la.
Ela sonha com um romance de filme, daqueles que o homem é louco e faz tudo se no final for ter a mulher, eles se beijam na chuva, ele se declara ao microfone, vai, de surpresa, na casa dela com um lindo buque de flores (seu grande fascínio). Ela é sonhadora. Quando ama, é de verdade. Se não sente, não diz.
Quer ter sempre mais amigos. Adora estar com a sua família, é teimosa e insiste em agir da forma que ela acredita que vá dar certo. Nem sempre dá, mas ela precisa que a vida lhe espanque para que ela aprenda o certo e o errado, pois do contrario, insistirá no erro até que ele dê certo.
Adora musicas que rimem e abomina as que são desprovidas de letra. Seu cheiro preferido é o perfume das flores.
Adora fotos, cresceu baseada nisso, com seu pai fotógrafo que fazia dela sua modelo. É imprevisível e gosta de pessoas assim.Não gosta de rotina. Ajuda as pessoas sem pensar demais. Não gosta de ver ninguém sofrendo e se pudesse transferiria os sofrimentos de todo mundo para si, só para ter o prazer de ver o mundo inteiro sorrir.Dá atenção para estranhos, não gosta de ser antipática. Sente pena de todos, ajuda sempre, faz doações,dá banana na boca de micos, beija passarinhos e aperta cachorros. Adora os animais, pretende comprar um papagaio assim que possível. Faz planos de morar sozinha, ser publicitária, ganhar 14 mil por mês, ter 2 filhos, se casar com o homem mais romântico do mundo, ter dois porquinhos da índia, um urso polar, um leão, dois jabutis e um coelho. Pretende fazer uma segunda faculdade - de psicologia - e um curso de fotografia.
Ela é fascinada por crianças, AMA sua afilhada e suas priminhas. Já pensou em ser professora do Jardim de Infância, pedagoga, já quis ser médica, veterinária, bióloga - sua maior vontade - , artista, advogada e dançarina. Ela já esteve decidida de que trabalharia no zoológico, decidiu ser fotógrafa, e acabou sendo publicitária por achar que irá se sair bem, mas principalmente pela qualidade de vida que terá, caso consiga algo bom no ramo.
Seu maior sonho é a paz mundial, igualdade financeira, sem brigas nem disputas.Ela não gosta de concorrência. Ama passar o dia com seu namorado, os beijinhos e abraçinhos dele. Adora o inverno e odeia ficar sem ar condicionado. Passa o dia no computador, quando não vai á faculdade, ou ao trabalho. Adora viajar e sonha em conhecer o mundo inteiro, diferentes culturas, raças e crenças. Quer botar silicone, mas morre de medo.

É fascinada por uva, e se deixar devora dois sacos de milho em um dia. Adora vê-los estourando na panela. Se pudesse comeria brigadeiro todos os dias, mas não pode abusar. Está sempre a cantar, seu inglês é péssimo e mesmo assim ela não desiste de tentar cantar as músicas mais complicadas.Toma banho ouvindo música, não costuma assistir TV, adora Bob esponja e se pudesse passaria o dia vendo desenhos da Disney.
Adora chuva, principalmente quando está nela. Dança (uma das suas atividades preferidas), ri e brinca... Se sente mais feliz e livre quando está com a roupa tomada por água.
É apaixonada pelo luar e pelo pôr-do-sol e se ela pudesse iria à praia todos os dias: um pouco a tarde, para pegar sol e depois à noite, para deitar na areia e ficar admirando a beleza da lua.
Adora quando percebe que alguém conhece seus gostos. Ama suco de laranja e come sem fome.
É compulsiva por balas e chicletes e não suporta ter que compartilhá-los. Elogios a emocionam. Sua auto-estima é bem elevada e são raras as pessoas capazes de mudar isso. Ela admira um belo sorriso. O cabelo dela brilha e seus olhos castanhos são sinceros e passam confiança. Brilham quando ela está feliz, quando está com a sua família, seus amigos, seu namorado. É canceriana, do dia 18/07, está descobrindo que o mundo é muito diferente da sua ingênua idealização.
Talvez ela ainda prefira acreditar e viver nesse seu mundinho fechado e bloqueado para maldades, mentiras e outros sentimentos ruins. A idéia de que terá que ter mais malicia para lidar com as mais diversificadas personalidades, não entra tão facilmente em sua dura cabeça.

Acredite, ainda existem pessoas boas e sempre existirá, não julgue baseado apenas em sua experiência, o mundo não está perdido, seja amigo, ajude, acredite e ame sem esperar recompensas nem reconhecimentos, não tente enganar a sua consciência, você não vai conseguir, não seja bom apenas por medo de ser castigado, seja bobo, mas seja feliz, não ligue para o que os outros pensam sobre você, mas sinta que o que você faz é verdadeiramente certo, veja o mundo como você gostaria que ele fosse, porque ele é, acredite, a vida é bela!

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Aprenda !


Chorar não resolve, falar pouco é uma virtude. Aprender a se colocar em primeiro lugar não é egocentrismo e o que não mata, com certeza fortalece. Vontades efêmeras não valem a pena, quem faz uma vez não faz duas necessariamente, mas quem faz dez, com certeza faz onze. Essa história de que é melhor acordar arrependido do que dormir com vontade é mentira! Perdoar é nobre, esquecer é quase impossível. Nem todo mundo é tão legal assim, e de perto ninguém é normal. Quem te merece não te faz chorar, quem gosta cuida, o que está no passado tem motivos para não fazer parte do seu presente. Não é preciso perder pra aprender a dar valor, e os amigos ainda se contam nos dedos. Aos poucos você percebe o que vale a pena, o que se deve guardar pro resto da vida e o que nunca deveria ter entrado nela. Pra qualquer escolha segue alguma consequência. Não tem como esconder a verdade, nem tem como enterrar o passado. Ás vezes mudar é preciso, nem tudo vai ser como você quer... a vida continua! O tempo sempre vai ser o melhor remédio.

Ah, o amor!



Amar é se sentir criança. Amar é viver em verso e prosa. Amar é fazer o nada virar tudo. Amar é ser cúmplice. Amar é esquecer do tempo. Amar é não sentir medo de absolutamente nada. Amar é fundamental. Amar é tremer quando toca aquela música no rádio. Amar é abrir um sorriso de orelha a orelha quando você liga. Amar é o olho brilhar quando você chega. Amar é querer abraçar o mundo. Amar é querer sorrir e cantar pra qualquer um que passa na rua. Amar é enlouquecer na paz do teu abraço. Amar é quase morrer na hora de dar tchau. Amar é beijar como se ninguém estivesse olhando. Amar é se tele transportar ao escutar aquela música. Amar é querer alugar a locadora inteira. Amar é sentir o coração acelerado e a fala atropelada. Amar é entender porque sua vida amorosa nunca deu certo antes. Amar é nunca esquecer a cena do primeiro beijo. Amar é passar a noite inteira te olhando dormir. Amar é esquentar o meu pé na sua batata da perna. Amar é dormir de conchinha até as duas horas da tarde. Amar é acordar, preparar o café, te cobrir e sair pra trabalhar na ponta do pé, pra você não acordar. Amar é sentir o tesão dominando cada parte do corpo. Amar é fazer xixi enquanto você toma banho. Amar é curtir o sábado a noite vendo filme. Amar é achar o outro lindo com a cara amassada e os olhos cheios de remela. Amar é fazer do último pedaço de pizza que restou do jantar, o melhor café da manhã do mundo. Amar é ligar só pra dizer 'boa noite'. Amar é conjugar na primeira pessoa do plural. Amar é ficar horas pra ver quem desliga primeiro no telefone. Amar é sair só pra ver a lua. Amar é ir ao cinema em plena quarta-feira. Amar é fingir que estava acordada quando você liga no meio da madrugada e pergunta 'tava dormindo?'. Amar é sentir um cheiro e lembrar do outro. Amar é não parar de pensar no outro mesmo com a correria do dia. Amar é sentir saudade mesmo estando junto. Amar é se entregar. Amar é ter coragem de enfrentar o mundo. Amar é não pensar em mais nada. Amar é não querer controlar os desejos. Amar é se realizar e sentir realizando. Amar é se sentir útil. Amar é necessário. Amar é dia e noite. Amar é ontem, hoje, amanhã e sempre. Amar é viver. Viver é morrer de vez em quando. Então ame, viva e morra de amor!

Yin Yang






Tava pensando sobre a minha personalidade, descobri que tenho todos os opostos dentro de um corpo só..
Eu sou a menina boazinha, que agrada a todos, amavel, delicada, amorosa, bem resolvida e ao mesmo tempo sou insegura, voraz, inteligente, ciumenta. Como cabe todas essas coisas dentro de uma pessoa só? Eu fiquei impressionada em saber que eu sou tudo e muito de tudo, sem dose, sem medidas, eu sou o yin yang, sou a dualidade, sou o ativo e o passivo, o quente e o frio, o dia e a noite. Acho que todos somos tudo e em algumas pessoas um lado se sobressai, no meu caso eu sou tudo e isso é assustador!